Notícias Vasp – 206 – Matéria do jornal Folha de SP de 30.11.2010

VASP

Procuradoria apura se houve fraude no leilão da fazenda de Canhedo

DE SÃO PAULO – O Ministério Público Federal de São Paulo abriu ontem investigação para apurar se houve fraude no leilão da fazenda Piratininga, de propriedade de Wagner Canhedo (dono da falida Vasp), que ocorreu na sexta-feira, dia 26, no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo.
Após arrematar a fazenda em leilão que ocorreu na quarta-feira, dia 24, o empresário Francisco Garcia Vivoni, do grupo Conagro, sustou o cheque da compra na sexta-feira.
No mesmo dia, a Justiça do Trabalho invalidou a venda da fazenda.
Ontem à noite o advogado do Sindicato dos Aeroviários de São Paulo, Francisco Gonçalves Martins, informou que a fazenda não irá mais a leilão.
“Será vendida a quem ofertar o melhor preço. As propostas têm de ser entregues ao Juízo Auxiliar de Execução no dia 9 de dezembro
“,
disse o advogado, após fazer acordo com Justiça do Trabalho e Ministério Público do Trabalho para agilizar a venda.
O imóvel foi transferido para representantes dos trabalhadores em razão de uma ação civil pública do Ministério Público do Trabalho. A Folha não localizou o empresário para comentar o assunto

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search