Notícias Vasp – 213 – Matéria divulgada no portal IG 01.12.2010

Leis e Negócios – por Marina Diana

Leilões | 05:00

Empresa que comprou fazenda de Canhedo tem R$ 535 em conta


O empresário Franscisco Vivoni, de terno escuro, é o proprietário do Grupo Conagro (foto: TRT-SP)

O Grupo Conagro, que arrematou na semana passada a fazenda Piratininga, do dono da Vasp, Wagner Canhedo, tem menos de R$ 600 na conta da empresa. Até ontem, dia 30 de novembro, a empresa contabilizava R$ 535,25. O valor foi revelado pelo Banco Central em função da penhora online requerida pela juíza auxiliar de execução do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo, Elisa Maria Secco. Além da conta da empresa, a magistrada pediu os dados das contas do diretor do grupo Conagro, Francisco Gerval Garcia Vivoni e da mulher dele, Andrea Cristina Nalim Garcia. Ela somava R$ 880,19 enquanto Vivoni não tinha movimentação.

“Recebi essa informação com indignação. Ou seja, juntas, as contas chegam a um valor de R$ 1,4 mil. Como é que ele ia pagar o primeiro cheque, de R$ 64,5 milhões? Foi uma fraude mesmo, disso não se tem dúvida”, afirma Francisco Gonçalves Martins, advogado que atua em favor do Sindicato dos Aeroviários.

A fazenda havia sido leiloada no último dia 22 pelo preço mínimo de R$ 430 milhões. A empresa Conagro emitiu um cheque no valor de R$ 64,5 milhões – 15% do preço mínimo. Mas o cheque foi sustado dois dias depois.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search