Air France e Airbus investirão 7 mi de euros nas buscas do AF447

Air France e Airbus investirão 7 mi de euros nas buscas do AF447

Gérard Bon
Em Paris
A Air France e a Airbus vão disponibilizar 7 milhões de euros suplementares para financiar, em fevereiro de 2011, a nova fase de buscas pelos destroços do voo AF447, que fazia o percurso Rio de Janeiro-Paris, segundo o La Tribune.


  • Airbus A330-200 saiu do Rio de Janeiro com destino a Paris

Em sua edição que circulará na sexta-feira, o jornal diz que cada uma das empresas vai contribuir com 3,5 milhões de euros.

A retomada das buscas tinha sido anunciada pelo governo em novembro.

O Airbus A330 da Air France caiu no oceano Atlântico, perto da costa brasileira, na noite de 31 de maio para 1o de junho de 2009, deixando 228 mortos.

Na ausência das caixas pretas, o Birô de Investigações e Análises (BEA) estima que uma falha nas sondas Pitot tenha sido um elemento que contribuiu pra o acidente, mas que ela sozinha não teria sido suficiente para explicar a tragédia.

A operação de busca prevista para fevereiro “utilizará os melhores equipamentos disponíveis hoje”, declarou no mês passado o secretário de Estado dos Transportes, Thierry Mariani.

Desde o acidente com o voo AF447 as dúvidas e críticas das famílias, que exigiam novas buscas, continuam sem respostas. As famílias criticam especialmente a falta de transparência na investigação.

A terceira fase das buscas pelos destroços chegou ao fim em maio sem sucesso, em meio a uma disputa entre especialistas do BEA e do Ministério da Defesa quanto à possível localização das caixas pretas no Atlântico

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search