Air France – – Corpos das vítimas serão levados para a França – Matéria do Jornal Zero Hora de 11.4.2011

ZERO HORA
10 de abril de 2011
TRAGÉDIA NO ATLÂNTICO
Corpos das vítimas serão levados para a França

Os corpos das vítimas do acidente com o Airbus A-330 que ia do Rio de Janeiro para Paris e caiu no Oceano Atlântico, em 31 de maio de 2009, serão levados para a França para coleta de material genético. Todas as 228 pessoas a bordo morreram no acidente.

A informação foi dada pelo presidente da Associação das Famílias de Vítimas do Voo 447 da Air France, Nelson Faria Marinho, após encontro realizado na sexta-feira, em Brasília, com o ministro da Defesa, Nelson Jobim. Os corpos foram localizados há uma semana.

O ministro informou a Marinho que, conforme regras internacionais, os corpos precisarão ir à França para identificação assim que forem resgatados e, somente depois, serão encaminhados aos países de origem das vítimas. Ainda não se sabe o número de corpos encontrados nem a nacionalidade das vítimas.

Segundo Marinho, o ministro disse que o Brasil terá um observador no resgate dos corpos e dos destroços:

– O ministro também pedirá ao Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) para traduzir a documentação que trouxemos da França – disse Marinho.

Ele explicou que as informações contidas no relatório apresentam termos técnicos de difícil interpretação pela Procuradoria da República em Pernambuco, responsável pelo inquérito criminal e que recebeu o documento de mais de 700 páginas. O relatório contém dados fornecidos por sindicatos, pilotos e especialistas. Nesta segunda, Marinho participará de uma reunião em Paris, na qual será discutida a próxima etapa das busca, quando serão tirados do fundo do oceano os corpos localizados na última semana.

As buscas
– Após retomar, em 22 de março, as buscas pelos destroços do voo AF 447 no Atlântico, autoridades francesas divulgaram na segunda-feira as primeiras imagens dos destroços, encontrados no dia anterior.
– De acordo com o órgão responsável pelo resgate, foram localizados partes do motor, fuselagem, asas e do trem de pouso do Airbus. Os destroços foram localizados a uma profundidade de cerca de 3,9 mil metros
– A ministra francesa dos Transportes, Nathalie Kosciusko-Morizet, confirmou a presença de corpos dentro da fuselagem. Os trabalhos para o resgate das peças e dos corpos devem ser iniciados dentro de um mês.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search