Flashback – Desempenho das Empresas Nacionais em 1987

Aviação Brasil
19 jun, 2011 às 13:04

Flashback – Desempenho das Empresas Nacionais em 1987

Passados pouco mais de 23 anos, o cenário das empresas brasileiras mudou e muito. Novas empresas, novas demandas, novos tipos de serviços, passagens mais baratas, concorrências, enfim, o que estamos acompanhando nos últimos anos era um cenário pouco imaginável no final da década de 80.

Naquela época cinco empresas regionais (Brasil Central, Nordeste, Rio Sul, Taba e Tam) e quatro domésticas (Cruzeiro do Sul, Transbrasil, Varig e Vasp) competiam num mercado marcado pelo monopólio das linhas internacionais (Varig/Cruzeiro) e linhas regionais onde as grandes empresas não competiam diretamente com as menores.

O desempenho das empresas no final daquele ano mostrou a competição que havia entre as menores e maiores do setor. Comparado aos dias atuais, podemos afirmar que um número maior de competidores entrou no mercado regional, o doméstico, ano a ano, está ficando mais competitivo, mas no internacional, o domínio que viamos da Varig naquela época é visto hoje com a TAM, empresa que a sucedeu com sucesso no exterior. Em 1987 você imaginaria a TAM, dos Embraer Bandeirante e Fokker 27, com uma frota de mais de 100 jatos e dominando quase 90% do tráfego internacional partindo e chegando do Brasil (comparado com as empresas nacionais somente)?

Veja os números finais de 1987

Mercado Regional (Passageiros Transportados)

TAM – 338.004

Rio Sul – 309.741

Taba – 209.103

BR Central – 204.072

Nordeste – 97.861

Mercado Doméstico e Internacional (Passageiros Transportados)

Varig – 5.559.279

Vasp – 4.757.242

Cruzeiro do Sul – 3.028.795

Transbrasil – 2.548.143

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search