Com custo elevado e tarifa menor, Gol tem prejuízo de R$ 359 mi

Folha de São Paulo
São Paulo, sábado, 13 de agosto de 2011

Com custo elevado e tarifa menor, Gol tem prejuízo de R$ 359 mi
Preço do petróleo, mão de obra e maior competitividade têm impacto no balanço
MARIANA SALLOWICZ
DE SÃO PAULO

Com custos mais altos, como petróleo e mão de obra, redução no preço de tarifas e forte competitividade, a Gol encerrou o segundo trimestre com prejuízo de R$ 358,7 milhões -quase seis vezes a mais do que o resultado negativo do mesmo período de 2010, de R$ 51,9 milhões.
O desempenho também ficou abaixo do apresentado nos três primeiros meses do ano, quando a companhia teve lucro de R$ 110,5 milhões.
“A recuperação ocorrerá em razão da nossa capacidade de reduzir custos”, afirmou o fundador e presidente da companhia, Constantino de Oliveira Junior.
A empresa anunciou diminuição de cerca de R$ 650 milhões nas despesas.
As medidas, que vão do aumento da eficiência ao crescimento na utilização da frota, terão impacto completo nos 12 meses de 2012.
A Gol informou que não prevê corte de emprego. No primeiro trimestre, havia fechado 1.100 postos para reduzir custos.
O executivo disse ainda que o segundo trimestre é “tradicionalmente o de menor demanda do setor”.
Sobre a crise financeira internacional, Oliveira Junior considera que ela não irá afetar a demanda interna do setor aéreo. A empresa prevê crescimento de 12% a 18% no mercado doméstico em 2011.
Após o anúncio do balanço, as ações da Gol na Bovespa tiveram queda de 1,5%. Já as da TAM subiram 6,06%.
A concorrente anunciou na quarta que encerrou o segundo trimestre com lucro líquido de R$ 60,3 milhões, revertendo prejuízo de R$ 174,8 milhões entre janeiro e março.

TARIFAS
O presidente da empresa disse ainda que “yield” (indicador que reflete o preço das passagens) deve subir “entre 4% e 5% nos próximos meses ou trimestres”.
De abril a junho deste ano, o indicador do Gol teve queda de 13,8% ante o segundo trimestre de 2010.
“Na medida em que alguns custos estruturais continuam subindo, é natural que haja um recuperação de preços”, afirmou Oliveira Junior.
Segundo ele, a alta não significa necessariamente aumento de tarifa na mesma proporção.
A TAM também anunciou recuperação de 5% no “yield” no terceiro trimestre.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search