Gol já cortou 1.100 em 2011 – Estadão

O Estado de S.Paulo
15 de março de 2012 | 3h 07 

Gol já cortou 1.100 em 2011
O Estado de S.Paulo

Essa não é a primeira vez que o corte de custos da Gol atinge os funcionários. No primeiro trimestre de 2011, a empresa eliminou 1.100 vagas – a maioria de aeroviários, os funcionários da equipe de solo. Na época, a companhia ainda operava no azul, com lucro líquido de R$ 110 milhões no período.

A empresa informou, na ocasião, que o corte na equipe significaria uma economia de R$ 45 milhões em um ano.

Mas, no decorrer do ano, as demissões também chegaram ao alto escalão. Em setembro, a empresa anunciou uma reestruturação no seu quadro executivo. A Gol eliminou uma vice-presidência, para um total de três, e mais quatro diretorias, para 25.

Mas, em 2011, os pilotos foram poupados. A Gol contratou 232 copilotos no ano passado e promoveu 182 para o cargo de comandante, segundo comunicado interno ao qual o Estado teve acesso. Mas, após um ano difícil, a crise parece ter chegado até eles. / M.G.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search