Notícias Vasp – 327 – Para os saudosistas que quiserem rever um dos 02 últimos 737-200 da Vasp

São Paulo, 13 de maio de 2012.

Prezados Amigos e Clientes,

Para aqueles que quiserem matar a saudade dos extintos “Bregas” da Vasp, seguem as fotos do PP-SFI tiradas pelos repórteres da Folha de São Paulo que acompanharam a sua ultima viagem para Araraquara -SP.

Ele servirá agora para eventos…..Fim melhor dos que dos outros bregas que viraram ferro velho……

Somente 02 aeronaves, o SMA que virará peça do Museu da TAM e o SFI não tiveram um fim tão triste……

http://noticias.uol.com.br/album/2012/05/11/aviao-da-vasp-arrematado-em-leilao-e-transportado-por-vias-de-sao-paulo.htm?abrefoto=38#fotoNav=25

Após quase dois dias de viagem, Boeing chega a Araraquara (SP)

WOLFGANG PISTORI
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, DE RIBEIRÃO PRETO

Chegou a Araraquara (273 km de SP) no final da tarde deste sábado (12) o Boeing da Vasp arrematado por R$ 140 mil por Edinei Capistrano da Silva, 57, comandante de jatos executivos e morador local.

A viagem de caminhão do avião da capital até a cidade do interior demorou aproximadamente 42 horas, ou seja, a carga deslocou-se na velocidade média inferior a 7 km/h.

Logo na saída do aeroporto de Congonhas, a nova atração turística de Araraquara enfrentou problemas, ainda na madrugada de quinta-feira (10), quando o corpo do avião, que tem mais de 5 m de altura, enroscava com os fios de eletricidade, dentro da cidade de São Paulo.

A antiga aeronave, que será transformada em espaço de eventos, teve que ser desmontada em três partes – asas, corpo e turbinas – para seguir viagem.

Só para percorrer os primeiros 100 metros foi preciso quase uma hora. O trabalho envolveu mais de 15 homens, contando funcionários da transportadora, da CET, da Eletropaulo e também de empresas de telefonia e TV.

ESCALAS

Além da velocidade controlada, o Boeing precisou parar em oito terminais da Polícia Rodoviária para vistoria. Tempo também foi perdido na passagem pelos postos de pedágio que precisaram ser adaptados às pressas para a passagem da carga.

A Polícia Rodoviária também optou por deixar o avião parado no início da manhã de sábado para não correr o risco de congestionar o trânsito na rodovia Bandeirantes.

Segundo a transportadora responsável pela entrega da encomenda, foi possível passar na lateral direita dos postos de pedágio após a retirada de cones de sinalização, onde normalmente, é usado como corredor para as motos.

Márcia Ribeiro/Folhapress
Carcaça de Boeing da rodovia Washington Luís, em Araraquara; viagem durou aproximadamente 42 horas

‘PAIXÃO’

Somente o transporte do avião custará para Edinei o dobro do preço de arremate. “Ainda precisarei fazer uma boa limpeza e uns ajustes antes de promover eventos nele”, comenta o piloto que diz ter agido mais por paixão a aviação do que por qualquer espirito empreendedor. “É claro que quero lucrar, mas não tenho pressa e nem esse é o principal objetivo”, diz.

A avião só chegará ao seu destino definitivo no domingo (13). No sábado, a companhia responsável pelo transporte do avião preferiu manter o Boeing na entrada da cidade pela Washington Luiz por motivo de segurança, pois a chuva que durou quase o dia todo deixou o terreno de cerca de 13 m² na zona norte de Araraquara com lama e escorregadio para a fixação da aeronave.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search