Ações da TAM na Bolsa chegam a cair mais de 10% nesta Segunda

11/06/2012 – 12h56 / Atualizada 11/06/2012 – 14h29

Ações da TAM na Bolsa chegam a cair mais de 10% nesta segunda

Do UOL, em São Paulo
Comentários 3

As ações da TAM (TAMM4) operavam em forte queda nesta segunda-feira, em meio aos preparativos da empresa para troca de papeis com a LAN no processo de fusão das duas empresas. As ações chegaram a cair mais de 10% na manhã de hoje.

Às 13h50, as ações da companhia brasileira exibiam queda de 8,61%, cotadas a R$ 38,75.

A oferta pública de permuta envolve cerca de 75 milhões de ações preferenciais, além de 8 milhões de papéis ordinários da TAM. A proposta dos ofertantes é que cada ação da TAM seja trocada por um recibo que equivale a 0,9 ação da LAN. Para que a oferta de permuta para fechamento de capital da TAM tenha êxito, é necessária a aceitação equivalente a pelo menos dois terços das ações da companhia brasileira.

Segundo operadores, até o início da tarde, tinham sido registradas para o leilão cerca de 14,6 milhões de ações preferenciais e 6 milhões de ordinárias.

O prazo para habilitação dos interessados na oferta terminou às 12 horas, e o registro de ofertas se encerra às 18 horas desta segunda-feira. O leilão está marcado para terça-feira, às 10 horas, segundo dados do edital da oferta.

Latam já é vice-líder em lista global

A Latam, fusão entre a chilena LAN Airlines e a brasileira TAM Linhas Aéreas, já é o segundo maior grupo do setor no mundo em valor de mercado, atrás apenas da Air China, segundo levantamento da Bain & Company destacado pelo jornal “Valor”.

De acordo com a análise, feita em janeiro deste ano, a Latam valia € 8,4 bilhões (cerca de 21,4 bilhões) R$ e a Air China € 9,1 bilhões (cerca de R$ 23,2 bilhões).
O estudo mostra a evolução do ranking dos 20 maiores grupos aéreos do mundo, de janeiro de 1999 a janeiro de 2012. Segundo o jornal, em apenas 12 anos, a aviação mundial deixou de ser liderada por empresas americanas e europeias para ser domindada por companhias de países emergentes.
Em 1999, entre as 20 maiores, estavam oito empresas americanas e seis europeias. Em 2005, três empresas entraram em concordata (United, US Airways e Swiss).

(Com informações da Reuters)

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search