Futuro de acordo entre TAM e Trip será decidido em julho

Folha de São Paulo
22/06/2012 – 20h37
Futuro de acordo entre TAM e Trip será decidido em julho
MARIANA BARBOSA
DE SÃO PAULO
 

A TAM vai decidir “ao longo do mês de julho” se mantém ou não o acordo de compartilhamento de voos com a Trip. As duas empresas chegaram a negociar uma associação, mas a Trip acabou sendo vendida para a Azul, em uma operação de troca de ações.

“Vamos decidir se continuamos ou não com o acordo, até porque eles [a Trip e a Azul] estão nos pressionando”, diz Maurício Amaro, presidente do Conselho de Administração da Latam, holding resultante da fusão das operações da chilena LAN com a brasileira TAM, formalmente criada nesta sexta-feira.

O acordo permite à TAM vender, em seu sistema de reservas, passagens para destinos regionais operados pela Trip. Mas como a Trip passará a compartilhar voos com a Azul, o acordo com a TAM deixa de fazer sentido para o grupo Azul Trip.

Rogério Cassimiro/Folhapress e Divulgação

Trip e TAM podem romper compartilhamento de voos

Na época do anúncio da união da Trip com a Azul, no final de maio, o presidente do conselho de administração da Azul, David Neeleman, disse que a TAM pode manter o acordo mas que teria de pagar caro para comprar assentos da companhia.

O fim do acordo não deve ter um impacto financeiro significativo para a TAM, mas representa uma perda importante de serviço. A empresa deixará de oferecer a seus clientes conexão para cidades pequenas e médias do país.

Segundo Amaro, é cedo para falar sobre estratégias regionais –mercado que está nas origens da TAM. “Neste momento, vamos nos concentrar na fusão com a LAN. Mas posso adiantar que no curto prazo não vamos entrar no mercado regional”.

O acordo com a Trip pode ser rompido a qualquer tempo, mas o processo de descruzamento das operações levará seis meses.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search