American Airlines se abre a uma potencial fusão

Valor Econômico
11/07/2012


Por Mike Spector, Susan Carey e Anupreeta Das
The Wall Street Journal

A AMR Corp., controladora da American Airlines, pretende sondar potenciais candidatos para uma fusão ou outros acordos de investimento nas próximas semanas, disseram pessoas a par do assunto, preparando o cenário para um desfecho inesperado para seu processo da concordata.

A AMR planeja enviar acordos de confidencialidade a outras companhias aéreas ainda este mês, disseram as pessoas. Essa medida marcaria o início de um processo formal em que as partes interessadas trocarão informações não-públicas para considerar possíveis ofertas. A empresa também pode convidar firmas de investimento em participações e outros investidores a estudar sua contabilidade, disseram as pessoas.

Qualquer proposta de fusão seria pesada contra um plano de reestruturação independente que está sendo desenvolvido pela AMR em conjunto com credores, sindicatos e outras partes interessadas, disseram as pessoas.

A também americana US Airways Group Inc. cortejou de forma agressiva sua rival nos últimos meses, chegando a negociar com sindicatos da American uma possível fusão. Uma combinação das duas aéreas criaria a maior empresa do setor nos Estados Unidos em tráfego, superando a atual líder United Continental Holdings Inc., que já é resultado de uma fusão feita em 2010.

Além da US Airways, a AMR pode sondar outras rivais, incluindo JetBlue Airways Corp., segundo as pessoas a par do assunto, embora a JetBlue não tenha manifestado publicamente interesse em explorar um negócio. A Delta Air Lines Inc., segunda maior companhia aérea dos EUA, já há algum tempo considerava um acordo com a American, embora uma fusão entre as duas poderia enfrentar obstáculos regulatórios significativos.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search