Iata acompanha criação de padrão para emissões aéreas

Panrotas
Publicada em 12/7/2012 12:13:00

Maria Izabel Reigada

Até o próximo ano, deve ser desenvolvida uma medida padrão para emissões de CO2 das novas aeronaves, segundo a Iata. Quem trabalha no desenvolvimento desse padrão, que deverá servir como medida para as definições de emissões aceitáveis dos novos aviões, é o comitê ambiental da Organização Internacional de Aviação Civil (Icao, da sigla em inglês). “O desenvolvimento de um padrão de emissões de CO2 para novas aeronaves demonstra o compromisso da comunidade global com a sustentabilidade ambiental e a capacidade da Icao em liderar esse progresso”, disse o CEO da Iata, Tony Tyler. “Estabelecer um padrão para gerações futuras de aeronaves ajudará a garantir os benefícios ambientais dos bilhões de dólares que o setor aéreo investe em novos equipamentos”, completou.

O desenvolvimento dessa medida padrão pela Icao passa pela aceitação de um sistema de medição comum das emissões a ser adotado pelas empresas. A expectativa é de que até o final de 2013 o padrão desenvolvido pela Icao esteja concluído. Companhias aéreas, aeroportos, fabricantes de aeronaves e serviços de navegação aérea trabalham juntos em uma estratégia para atingir 1,5% de eficiência em combustível a cada ano até 2020 e uma redução de 50% nas emissões de gases poluentes até 2050.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search