Boeing ordena inspeção em todos os 787 após pouso de emergência

05/12/2012 – 11h50

Alwyn Scott and Tim Kelly
Da Reuters, em Nova York

No mesmo dia em que um Dreamliner fez um pouso de emergência por causa de um problema mecânico, a Boeing relatou às autoridades norte-americanos que ordenou uma inspeção em toda a frota de 787 por causa de um possível problema na tubulação de combustível.

Esses últimos acontecimentos, apesar de não raros, causaram transtornos à Boeing, que ainda se esforça para apagar a imagem negativa que o atraso de 3,5 anos na fabricação do 787 deixou. O problema mais recente envolveu um 787 Dreamliner da United Airlines com 184 pessoas a bordo que ia de Houston (Texas) a Newark (Nova Jérsei).

O avião fez um pouso de emergência em Nova Orleans por causa de um problema mecânico ainda desconhecido. A Boeing avisou na terça-feira às autoridades dos Estados Unidos que pediu revisão na tubulação de combustível de todos os 787s em serviço, já que duas companhias não norte-americana relataram vazamentos. A Boeing se recusou a identificá-las.

A japonesa All Nippon Airways, primeira a usar o Dreamliner, disse nesta quarta-feira que avisou as autoridades dos Estados Unidos e a Boeing sobre o vazamento. A Japan Airlines fez inspeção nos seis 787 que opera e não encontrou nenhum vazamento. A Air India opera três Dreamliners.

Foto 6 de 14 – Boeing 787 Divulgação
Recommended Posts

Start typing and press Enter to search