Aéreas transportaram 6,36 milhões de pax em novembro

Mercado&Eventos

17/12 – 14:28

A Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) divulgou o balanço das atividades das companhias durante o mês de novembro, e revelou queda na demanda e oferta, mas alta no aproveitamento. No período, as aéreas associadas à entidade produziram 9,29 bilhões de ASK (assentos-quilômetros), transportando um total de 6.363.229 passageiros. O número representa uma queda de 5,62% na oferta em relação ao mês de outubro.

A demanda das aéreas também foi inferior ao mês passado: foram 7,09 bilhões de RPK (passageiros-quilômetros pagos), 2,35% a menos que em outubro. A queda em ambos índices fez com que a taxa de ocupação tivesse um crescimento de 2,55%, chegando, em novembro, a 76,28%.

“Esses números já refletem o momento em que o setor aéreo vive atualmente. As empresas estão revendo suas estratégias para melhorar a taxa de ocupação de seus voos e, com isso, aumentar sua rentabilidade e tentar manter os preços das passagens, sem repassar para os consumidores as dificuldades enfrentadas pelas empresas durante este ano”, diz Eduardo Sanovicz, presidente da Abear.

Segundo divulgado pela entidade, 2012 foi considerado um ano difícil para o setor da aviação. O aumento do preço do combustível, alta do dólar, taxas e tarifas de navegação aérea, infraestrutura e o ritmo desacelerado da economia global foram alguns dos fatores que interferiram no desempenho das companhias. A expectativa para o próximo ano, segundo Sanovicz, é de que haja uma diminuição da oferta total, mas manutenção da demanda, para que as taxas de ocupação sejam mais altas, as empresas tenham melhor rentabilidade e o preço médio das passagens não sofra grandes ajustes.

“Avianca e Azul/Trip preveem crescimento, com aumento da oferta, enquanto Gol e Tam veem de um ano de ajuste nas frequências de voos e devem manter essa diminuição da oferta”, aponta o presidente.

Juliana Bellegard

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search