Ocupação em voos da TAM e Gol sobe com menor oferta de assentos

Folha de São Paulo
17/12/2012 – 16h34 


MARIANA BARBOSA
DE SÃO PAULO

A estratégia da TAM e da Gol de reduzir a oferta de assentos para aumentar a ocupação dos aviões está dando resultado. Em novembro, a TAM voou com 80,6% dos assentos ocupados e a Gol, 70,5%.

Há um ano, a taxa de ocupação das duas empresas era de 66,6% e 63,2%, respectivamente, segundo dados da Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) e da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

A média do setor passou de 67% há um ano, para 76,3% em novembro. As demais empresas (Avianca, Azul e Trip) também conseguiram melhorar a ocupação de seus aviões. E fizeram isso mesmo com aumento de oferta de assentos no período.

A Avianca aumentou de 79,4% para 82,75%. A Azul, de 80,32% para 82,44%. E a Trip, de 66,4% para 72%.

DEMANDA

A demanda doméstica cresceu 7,5% em novembro, na comparação com novembro do ano passado. Já a oferta de assentos caiu 5,45%. Em termos porcentuais, a Gol foi a que mais encolheu (5,14%). A TAM enxugou sua oferta em 4,88%.

Na comparação com o mês de outubro, houve queda na oferta (5,62%) e na demanda (2,35%).

“Esses números já refletem o momento em que o setor aéreo vive atualmente. As empresas estão revendo suas estratégias para melhorar a taxa de ocupação de seus voos e, com isso, aumentar sua rentabilidade e tentar manter os preços das passagens, sem repassar para os consumidores as dificuldades enfrentadas pelas empresas durante este ano”, diz o presidente da Abear, Eduardo Sanovicz.

Dados divulgados pela Abear mostram que a Gol não conseguiu capturar todo o tráfego da Webjet. A empresa registrou em novembro uma participação consolidada de 35,6%. No mês anterior, quando as operações estavam separadas, a Gol tinha 33,92% do mercado e a Webjet, 4,63%. Somadas, a participação total foi de 38,55%. Há um ano, a Gol tinha 36,28% de participação e a Webjet, 5,87%.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search