American Eagle terá até 94 novos jatos da Embraer

Panrotas
Publicada em 24/1/2013 12:50:00 


Perspectica artística de um dos E175 da Republic Airways Holdings, que será utilizado pela American Eagle
(dilvulgação Embraer)

A Embraer e a Republic Airways Holdings, operadora com a maior frota de jatos da fabricante brasileira no mundo, anunciaram hoje um contrato para a venda de 47 aviões Embraer 175.

O acordo inclui ainda opções de compra para 47 jatos adicionais, o que elevaria o pedido para até 94 E175, podendo alcançar um valor total de aproximadamente S$ 4 bilhões – a preço de lista, nas condições econômicas deste ano.

Os novos aviões serão operados pela Republic Airlines, subsidiária da Republic, nas cores da American Eagle em rotas regionais da American Airlines.

O acordo está sujeito à aprovação do tribunal de recuperação judicial da American, o que está previsto para ocorrer no primeiro trimestre de 2013. Os E175 serão configurados em duas classes de serviço, com capacidade para 76 passageiros. A primeira entrega está programada para meados deste ano.

“Estamos empolgados com o fato de a American ter selecionado a Republic e o E175, da Embraer, para expandir a rede com jatos regionais de grande porte”, diz o presidente, chairman e CEO da Republic, Bryan Bedford. “O E175 é um avião excepcional, e o interior selecionado pela American irá proporcionar uma experiência de primeira linha e consistente aos clientes voando com a Republic.”

“Este é um marco significativo na história da nossa companhia”, afirma o vice-presidente de Planejamento da Rede de Voos da American Airlines, Chuck Schubert. “Estabelecer uma frota de jatos regionais de grande porte faz há muito tempo parte do nosso plano de negócios e este acordo é mais um exemplo de como estamos executando o plano de uma forma que beneficia tanto o nosso negócio quanto nossos clientes. Vamos oferecer mais voos nos intervalos corretos durante todo o dia nos principais mercados”, completa ele.

A Republic Airways Holdings tem sede em Indianápolis, no Estado de Indiana, nos Estados Unidos. Controla uma empresa holding que é dona da Chautauqua Airlines, Frontier Airlines, Republic Airlines e Shuttle America.

Estas companhias aéreas oferecem cerca de 1.500 voos regulares diariamente para passageiros em 145 cidades nos Estados Unidos, nas Bahamas, no Canadá, na Costa Rica, na República Dominicana, na Jamaica e no México, por meio de operações próprias com a Frontier e acordos de serviços a preço fixo operados com a marca de companhias aéreas parceiras como American Connection, Continental Express, Delta Connection, United Express e US Airways Express.

Claudio Schapochnik

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search