LAN e TAM pedirão renovação de licenças para operar na Bolívia; voos não foram afetados

Folha de São Paulo
16/02/2013 – 22h11
DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS
 

As companhias aéreas LAN e TAM afirmaram neste sábado que renovarão suas licenças para operar na Bolívia, após a divulgação da notícia em La Paz que a Autoridade de Fiscalização e Controle Social de Telecomunicações e Transportes havia retirado essa autorização.

As companhias aéreas seguirão operando na Bolívia, segundo comunicado divulgado por elas. De acordo com a nota, “os voos que tiveram passagens vendidas serão realizados normalmente e não serão afetados pela referida resolução”.

Em comunicado divulgado através da imprensa local, o organismo boliviano disse que a LAN e a TAM-Mercosur, filial paraguaia da brasileira TAM, “não estão autorizadas a continuar prestando serviços desde 15 de fevereiro”, por não ter renovado suas licenças.

Em comunicado conjunto divulgado em Santiago, LAN e TAM disseram que “foram notificadas” da medida e que “solicitarão a renovação da licença, com o objetivo de continuar com a regularidade de seus voos”.

Segundo o texto, existe “uma sólida relação com o ente regulador e as autoridades aeronáuticas da Bolívia, principalmente no que se refere ao atendimento a passageiros e cumprimento dos itinerários”.

Tanto a LAN como a TAM operam rumo às cidades bolivianas de Santa Cruz e La Paz, com voos diretos de Iquique (Chile), Lima e Assunção.

Segundo o ente regulador boliviano, ambas companhias “não estão autorizadas para continuar prestando os serviços a partir do dia 15 de fevereiro”.

 

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search