Demanda por viagens aéreas pode se recuperar em 2013, diz Iata

G1
Atualizado em 05/03/2013 10h59

Busca por viagens aéreas cresceu 2,7% em janeiro sobre um ano antes. Taxa média de ocupação ficou em 77,1%, segundo associação.

A demanda global por viagens aéreas cresceu globalmente 2,7% em janeiro sobre um ano antes e pode acelerar o ritmo no decorrer de 2013, afirmou a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), nesta terça-feira (5).

Já a oferta de assentos aumentou 2,2% em janeiro, na mesma comparação. Com isso, a taxa média de ocupação ficou em 77,1%.

“A viagem de passageiros está crescendo em linha com o nível de confiança nos negócios. Os últimos meses têm mostrado alguns sinais positivos tanto nos Estados Unidos quanto na China e a crise da zona do euro parece ter se estabilizado”, disse o presidente-executivo da Iata, Tony Tyler.

No Brasil, de acordo com a Iata, a demanda por voos domésticos no Brasil caiu 3,7% em janeiro em comparação ao ano anterior. A associação destacou também que as companhias aéreas cortaram a oferta de assentos em 9,1% em comparação a janeiro de 2012.

Os desafios do setor incluem altos custos com combustível e incerteza sobre demanda em um momento em que os EUA, maior economia do mundo, preparam-se para fazer cortes no orçamento do governo, acrescentou.

“Mas mesmo com estes ventos contrários, ainda vemos apoio para um crescimento contínuo e potencialmente mais forte”, disse Tyler.

A demanda por carga aérea, um indicador do desempenho do comércio global, também cresceu em janeiro, impulsionada pela Ásia e Oriente Médio, informou a Iata na segunda-feira.

Entre os membros da Iata estão as maiores companhias aéreas do mundo como a Delta, Air France KLM e Air China.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search