Gol prevê captar até R$ 1,3 bi com abertura de capital do Smiles

O Estado de S.Paulo
TERÇA-FEIRA, 9 DE ABRIL DE 2013

A oferta pública terá a participação do fundo de private equity General Atlantic, que deve investir até R$ 400 milhões

A oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da Smiles, empresa de fidelidade de clientes da Gol, pode movimentar até R$ 1,35 bilhão. A oferta terá a participação da empresa de private equity General Atlantic, que se comprometeu com a Gol a fazer um investimento de R$ 400 milhões de reais, desde que o valor máximo das ações fique em R$ 20,70.

A Gol informou no prospecto da operação, divulgado ontem, que a faixa indicativa de preço foi definida entre R$ 20,70 e R$ 25,80 por papel. A quantidade de ações que serão subscritas pela General Atlantic será de no máximo 19,99% do capital da Smiles, e o investimento será feito se a oferta for realizada exclusivamente como primária e caso o valor seja de no mínimo R$ 800 milhões. Caso a empresa de private equity venha a subscrever ações que representem no mínimo 10% do capital da Smiles, terá direito a eleger um membro do Conselho de Administração.

O acordo entre as empresas também prevê a outorga de uma opção de compra de ações que permita a aquisição secundária, pela General Atlantic de ações de emissão da Smiles detidas pelo acionista controlador, por um período de 12 meses a partir da liquidação financeira da oferta, equivalente a 20% do investimento realizado, no mesmo preço por ação. A operação tornará a Smiles a segunda empresa do setor na Bovespa, depois da Multiplus, da TAM, que fez sua oferta no início de 2010, levantando cerca de R$ 723,8 milhões,

Segundo os termos do prospecto da oferta da Smiles, a fixação do preço das ações ocorreem25deabril,enquanto o período de reserva para investidores interessados vai de 15 a 24 de abril. O IPO da Smiles acontece em meio a dificuldades do setor aéreo brasileiro, com empresas enxugando oferta de voos para melhorar rentabilidade. A Gol encerrou 2012 com prejuízo de R$ 1,5 bilhão.

Ontem, as ações da Gol registraram alta de 3,5%. “Isso tem mais a ver com o acordo com a General Atlantic do que qualquer outra coisa”, diz Richard Cole, analista da XP Investimentos. Segundo ele, as ações da empresa aérea estavam pressionadas por preocupações com a possibilidade dea companhia não levantar a quantia esperada com o IPO da Smiles.ParaCole,adisposição da empresa de private equity de investir no Smiles melhora o cenário para a abertura de capital./ REUTERS

Sócio
19,99% do capital do Smiles é o limite máximo que o fundo General Atlantic terá da empresa de fidelidade da Gol

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search