Notícias Varig – 120 – Justiça?

Globo
Segunda-feira 13.5.2013

Dos leitores

O presidente do STF está certo quando diz que a Justiça brasileira é desfavorável aos mais pobres. Sou ex-comissário da Varig e, pouco antes de a empresa desaparecer, pagava um empréstimo ao fundo Aerus, faltando só duas prestações de um total de R$ 2 mil e pouco.

O fundo ficou me devendo R$ 101 mil em agosto de 2006. Em 2011, um oficial de justiça me intimou a responder a uma ação monitória, em até 15 dias, referente à minha dívida, que, corrigida, chegou a R$ 8 mil.

Contestei: eu pago a dívida, mas me paguem o valor da poupança que tenho depositado no fundo. Até hoje o juiz não decidiu a questão, e, segundo fiquei sabendo, o fundo, que está sob intervenção, não pode ser cobrado, mas pode cobrar.

Ou seja, nosso dinheiro, que foi roubado, já era, mas quem roubou ainda quer o dele. Vergonhoso.

PAULO CÉSAR SILVA SANTOS
RIO

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search