Azul reformula programa de fidelidade para expandir

O Estado de S.Paulo
20 de junho de 2013 | 16h 29

LUCIANA COLLET – Agencia Estado

SÃO PAULO – A Azul Linhas Aéreas Brasileiras reformulou seu programa de vantagens Tudo Azul, seguindo a tendência já observada em outros programas de fidelização do País. A expectativa da companhia é que a mudança favoreça a expansão do número de parceiros e de membros, com meta de triplicar as parcerias até o fim do ano e aumentar em 60% o número de passageiros cadastrados do programa, atingindo 4 milhões de usuários, ante os atuais 2,5 milhões, que representam menos de um quarto dos clientes da Azul, conforme informou o gerente de CRM e Loyalty da Azul, Claudio Albe Janti, ao Broadcast; serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.

“A versão anterior do programa não era atrativa, muitos não entendiam como a transferência dos pontos (acumulados em outros programas parceiros) era feita e ficávamos de fora da fatia de mercado”, disse o gerente de CRM e Loyalty da Azul, Claudio Albe Janti. “Agora já percebemos uma mudança de comportamento na renovação de parcerias”, acrescentou.

Na versão anterior, o cliente acumulava um crédito correspondente a um porcentual do valor gasto com a passagem – 5% no caso do membro padrão e 10% para o membro da versão premium do programa, o “Tudo Azul Safira”. A cada R$ 50 acumulados, o cliente poderia obter um voucher que daria direito ao desconto na compra da próxima passagem.

A partir de agora, o programa unificou a “moeda” e passou a utilizar a unidade mais comum no segmento de fidelização, de pontos. “Sentimos a necessidade de unificar para uma única moeda e agora vai ter uma similaridade com outros programas”, destacou.

O novo modelo prevê que para cada real gasto, o cliente poderá acumular pontos que podem chegar a cinco vezes o total pago na passagem, dependendo do tipo de tarifa (se promocional ou flex) e da categoria de programa do usuário. A Azul passará a oferecer passagens aéreas a partir de cinco mil pontos o trecho. Janti salienta que não haverá restrição no volume de passagens vendidas através do programa por voo, ou seja, todas as passagens disponíveis no website da companhia poderão ser adquiridas por meio de pontos. A validade dos pontos acumulados também mudou. Agora, eles valem por dois anos e não mais por um ano.

Por ora, o programa Tudo Azul conta com cerca de 10 parceiros, entre os quais Banco Itaú, Banco HSBC, Wal-mart, Centauro e SkyBOX. Segundo Janti, novas parceiras estão em fase adiantada de negociação e devem ser anunciadas em breve.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search