Aéreas têm preços cada vez mais parecidos, diz estudo

Mercado&Eventos
08/07 – 11:17

tn_620_600_aviao_2_090713

Nos últimos seis anos, a diferença de custos entre as companhias áreas de baixo custo, baixa tarifa e as tradicionais caíram drasticamente, alerta a Airline Disclosures Handbook – Financial Reporting and Management Trends in the Global Aviation Industry 2013, produzido pela KPMG International.

Marcelo Gonçalves, sócio da KPMG no Brasil, ressalta que se em 2006 as empresas de baixo custo/baixa tarifa tinham uma vantagem de 3,6 centavos de dólar por assento quilômetro disponível sobre as empresas tradicionais, cinco anos depois, a diferença caiu para 2,5 centavos de dólar, resultado, ele aponta, da “agressiva racionalização e reestruturação das empresas tradicionais”.

A crise de 2008 e 2009 teria sido o grande gatilho para as mudanças nas empresas tradicionais, aponta a KPMG, com reavaliação de frotas, contenção de custo e busca por melhor de eficiência. Além disso, principalmente nas rotas de curta duração, a distinção feita pelos passageiros entre os dois modelos de negócio estaria ficando cada vez menos clara.

“Dessa forma, as companhias de baixo custo deverão optar por uma de duas alternativas: permanecer com preço significativamente baixo – e necessariamente manter seu baixo custo, como é a estratégia da Ryanair; ou competir com companhias tradicionais oferecendo aos clientes mais benefícios – como mostrado pela evolução da Virgin Australia”, declarou o executivo.

Modelos de parceria – O estudo também faz uma análise das parcerias das empresas de aviação e as tendências para o futuro. A publicação indica que o futuro pode trazer uma utilização do modelo de joint venture comercial não-consolidada como mecanismo eficiente de parceria.

O modelo, lembra a KPMG, costuma ser usado no setor de Recursos Naturais e Energia, em que empresas parceiras contribuem com ativos e recursos de forma contratual, mas com independência, sem interferir nos marcos regulatórios ou estruturais de cada empresa.

A publicação está disponível em: www.kpmg.com/global/en/issuesandinsights/articlespublications/pages/airline-disclosures-handbook-2013.aspx.

– Pamela Mascarenhas

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search