Empresa aérea processa canal dos EUA por piada com pilotos

Folha de São Paulo
Terça-feira, 16 de julho de 2013

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

A sul-coreana Asiana Airlines informou ontem que vai processar um canal de televisão dos Estados Unidos por divulgar incorretamente e “com ofensas raciais” os nomes de quatro pilotos do avião que se acidentou em San Francisco há dez dias.

Na sexta (12), uma âncora do jornal da KTVU, afiliada da Fox em Oakland, Califórnia, leu ao vivo os nomes falsos.

Segundo a notícia, os capitães a bordo eram “Sum Ting Wong”, “Wi Tu Lo”, “Ho Lee Fuk” e “Bang Ding Ow”.

Aparentemente asiáticos, os nomes têm sonoridade semelhante a expressões como “something wrong” (“algo está errado”), “we’re too low” (“estamos muito baixos”) e “holy fuck” (“puta merda”, em tradução livre). Já o último deles lembra onomatopeias usadas para descrever choques.

Vídeos da cobertura rapidamente tomaram a internet, suscitando críticas e piadas.

“Decidimos acionar a KTVU porque a notícia difama os pilotos e nossa reputação”, disse o porta-voz da empresa.

A emissora se desculpou e disse que falhou ao realçar “a fonética dos nomes”. Porém, dividiu a culpa com o Conselho Nacional de Segurança no Transporte, que confirmara os nomes antes do noticiário.

O órgão também pediu desculpas e creditou a checagem indevida a um estagiário. Por enquanto, ninguém explicou quem criou os nomes falsos.

O acidente deixou três mortos e mais de 180 feridos.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search