Funcionários da Infraero decidem cumprir decisão do TST e retornam ao trabalho

O Globo
1/08/13 – 16h05

Porém, paralisação continua em Manaus, Congonhas, Salvador e Brasília (sede da estatal), segundo o sindicato
GERALDA DOCA

BRASÍLIA – A maioria dos funcionários da Infraero já retornou ao serviço nesta quinta-feira, segundo o presidente do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), Francisco Lemos. A paralisação continua em Manaus, Congonhas, Salvador e Brasília (sede da estatal), de acordo com o sindicalista.

Nas assembleias realizadas hoje pela manhã, a categoria foi orientada a cumprir decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que determinou a manutenção de efetivos mínimos para garantir o funcionamento dos aeroportos.

O índice de atrasos de voos atingiu 24,2% até as 15h, de acordo com acompanhamento da Infraero (das 1.543 partidas domésticas programadas, 374 atrasaram) e 124 foram canceladas (8%). Mas, de acordo com a empresa, a situação dos voos foi afetada pelo fechamento do Galeão e do Santos Dumont hoje cedo devido ao tempo ruim. A estatal informou, porém, que manteve acionados planos de contingência em alguns aeroportos.

No Galeão, o percentual de atrasos foi de 45,9% (dos 85 voos programados, 39 saíram fora do horário) e 19 foram cancelados, o que representa 22,4%. No Santos Dumont, o índice chegou a 48,9%, ou seja, quase metade dos voos tiveram atrasos e 27,2% foram cancelados. Em Congonhas, o percentual de atrasos atingiu 35,8%. Em Brasília, centro de distribuição de rotas, dos 102 voos previstos até às 15h, 33 partiram fora do horário (32,4%). Entre os voos internacionais, dos 102 previstos, 32 atrasaram (31,4%).

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search