'Salão do avião', Labace deve atrair 16 mil visitantes neste ano em SP

Folha de São Paulo
DOMINGO, 11 DE AGOSTO DE 2013

DE SÃO PAULO

A resiliência do mercado brasileiro para jatos executivos explica a forte atração da Labace, feira organizada pela Abag que funciona como uma espécie de salão do automóvel do setor aéreo.

Em sua décima edição, o evento acontece de quarta (14) a sexta-feira (16) no aeroporto de Congonhas.

Serão 70 aeronaves em exposição, e a expectativa é atrair 16 mil visitantes.

“O número de expositores neste ano caiu 10%, mas a área expositiva é a mesma”, afirma o presidente da Abag, Ricardo Nogueira.

“Quem ficou está apostando no mercado, com uma presença ainda maior.”

A Embraer terá seu maior estande na história da feira e vai expor cinco dos jatos de sua frota executiva, incluindo, pela primeira vez no país, o novo Legacy 500.

Jato de médio porte, o Legacy 500 está em fase de voos testes e deve entrar em produção no primeiro semestre do ano que vem.

Com capacidade para entre 8 e 10 passageiros, o jato custa a partir de US$ 20 milhões e concorre com o Gulfstream G200 ou o Citation X, da Cessna.

A americana Gulfstream também ampliou sua participação neste ano e vai exibir toda a sua família de jatos –incluindo, pela primeira vez, o G650, jato mais veloz do mundo, de US$ 65 milhões.

O Brasil é um grande mercado para a Gulfstream, que contabiliza 39 jatos vendidos no país. (MB)

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search