Companhia aérea Ryanair demite piloto por criticar segurança

G1
15/08/2013 09h05

France Presse

DUBLIN, 15 Ago 2013 (AFP) – A companhia aérea irlandesa de baixo custo Ryanair anunciou nesta quinta-feira a demissão de um piloto que havia criticado a segurança da empresa em um programa de televisão.

‘A companhia colocou fim hoje (quinta-feira) ao contrato do senhor (John) Goss com efeito imediato e pediu que seus advogados iniciem um processo judicial contra o piloto’, indicou em um comunicado.

‘Não deixaremos que um funcionário da Ryanair difame a segurança da companhia na televisão’, disse um porta-voz da Ryanair.

O piloto John Goss participou de um programa de televisão transmitido na segunda-feira pela rede britânica Channel 4 (‘Ryanair: os segredos da cabine’), no qual vários pilotos da companhia denunciam os problemas de segurança provocados, entre outros, pela política de economia de combustível.

Segundo uma pesquisa da associação The Ryanair Pilot Group (RPG), a grande maioria de pilotos da Ryanair (88,8%) considera que a companhia não tem ‘uma cultura da segurança aberta e transparente’.

No total, 1.903 comandantes e co-pilotos, quase um terço dos efetivos totais, participaram da pesquisa, que, segundo a companhia, sofria de ‘falta de independência e confiabilidade’.

A Ryanair anunciou na terça-feira uma ação judicial contra o Channel 4.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search