Oferta da Gol recua 4,8% no mercado doméstico em julho

O Estado de S.Paulo
19 de agosto de 2013 | 19h 37

EULINA OLIVEIRA – Agencia Estado

SÃO PAULO – A Gol informou nesta segunda-feira, 19, ao divulgar os números prévios do tráfego aéreo referentes ao mês de julho deste ano, que a oferta de assentos no mercado doméstico recuou 4,8% na comparação com o mesmo mês de 2012. Segundo a companhia, a queda se deve à manutenção da estratégia de racionalização da oferta. Desta forma, a taxa de ocupação no mercado interno atingiu 71,2%, uma queda de 6,3 pontos porcentuais frente ao mesmo período em 2012.

Além disso, a receita líquida por passageiro por quilômetro (Prask) da Gol no mercado doméstico cresceu 18% em julho deste ano sobre julho de 2012. “É o maior aumento do Prask dos últimos dois anos e demonstra os esforços da companhia em otimizar sua oferta e maximizar a rentabilidade de suas rotas”, afirma a companhia no comunicado que divulgou.

O yield (indicador de tarifa) líquido no mês passado registrou aumento de 28% na comparação com o mesmo período de 2012, ficando entre R$ 24,5 e R$ 25,0 centavos, “em linha com a estratégia da Gol de aprimorar seus serviços e atrair passageiros corporativos e a lazer durante a temporada de férias de inverno”.

Já o preço médio do querosene de aviação (QAV) subiu 4% em julho de 2013 na comparação com igual mês do ano passado, “puxado pela depreciação do real frente ao dólar nos últimos meses, compondo o período de formação de preço do QAV, que carrega uma defasagem temporal”. A Gol diz ainda que, com o aumento recente do dólar, “espera preços recordes para o combustível nos próximos meses”.

Mercado internacional

No mercado internacional, a Gol comunica que a oferta do mês de julho apresentou um aumento de 26,4% na comparação com o mesmo período do ano anterior, principalmente em função das frequências para Santo Domingo, Miami e Orlando iniciadas em dezembro de 2012. “Isso contribuiu para o aumento da demanda no mesmo período de 18,2%”, diz a companhia.

A taxa de ocupação, no entanto, registrou queda de 4,7 pontos percentuais no mercado internacional. “A maior representatividade dos voos para Santo Domingo, onde disponibilizamos cerca de 85% dos assentos para a venda em nossos 737-800 NG, pressiona o indicador de taxa de ocupação. Conforme metodologia da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a taxa de ocupação é calculada considerando a capacidade total da aeronave”, explica a Gol, no mesmo comunicado.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search