Iata: Brasil é único com retração de demanda em julho

O Estado de S.Paulo
03 de setembro de 2013 | 18h 09

WLADIMIR D’ANDRADE – Agencia Estado

SÃO PAULO – O Brasil é o único mercado analisado pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês) a apresentar queda na demanda doméstica (RPK) em julho, de 0,6% na comparação com igual mês de 2012. A entidade relaciona, em relatório, a queda na demanda às pressões inflacionárias no País. “Com a escalada da pressão inflacionária, o cenário para a demanda dos consumidores brasileiros é frágil”, afirma o texto.

A oferta no transporte aéreo doméstico brasileiro (ASK) cresceu 0,5% em julho, sobre o mesmo mês do ano passado. Combinado com os dados de demanda, o resultado levou a um recuo de 0,8 ponto porcentual na taxa de ocupação (load-factor) das companhias aéreas no Brasil, para 79% em julho.

Na análise global da Iata, a demanda pelo modal aéreo cresceu 4,8% em julho ante igual período de 2012, enquanto a capacidade apresentou elevação de 5,8% e a taxa de ocupação recuou para 82%.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search