Itens atrelados ao dólar são 55% da planilha total de custos

O Globo
Domingo 8.9.2013

As aéreas têm se queixado do aumento dos custos, especialmente daqueles atrelados ao dólar, como leasing de aviões e serviços de manutenção e combustível, que representam 55% dos custos das companhias. Enquanto negociam benesses com o governo – como a redução do ICMS sobre o querosene de aviação -, muitas têm repassado ao consumidor parte do aumento dos custos. Eduardo Sanovicz, presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), admite que, só nos últimos 30 dias, a tarifa média subiu 4% com a alta do dólar. No ano, a divisa já avançou 12,78%.

– O comportamento dos preços daqui para a frente vai depender do que conseguiremos junto ao governo – diz.
Para Lucas Arruda, sócio da consultoria Lunica, o câmbio e um possível aumento do preço do combustível “são fatores que colocam pressão nos custos das companhias e, por consequência, na expectativa futura das tarifas médias até o final deste ano”. Entre 2003 e 2012, a tarifa média caiu 48%, diz a Agência Nacional de Aviação Civil.

– As empresas, principalmente TAM e Gol, entraram numa forte disputa por mercado, o que acabou fazendo os preços caírem. Isso não deve se repetir em 2013 – disse Jorge Leal, professor de Transporte Aéreo da Escola Politécnica da USP. (Danielle Nogueira)

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search