Aéreas tentam fechar acordo salarial hoje

Valor Econômico
18/12/2013

Por João José Oliveira | De São Paulo

As companhias aéreas jogam todas as fichas em uma reunião hoje à tarde com representantes dos aeronautas para evitar que o ambiente de caos domine os principais aeroportos do país justo no período de maior concentração da demanda.

A categoria demanda reajuste salarial de 8%, além de itens como prioridade na recontratação, regulamentação de folgas e plano de saúde. As empresas oferecem reajuste de 5,6%.

Na mesa de negociação, a ameaça do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), que decidiu marcar greve, por tempo indeterminado, a partir das 6 horas da manhã do dia 20 de dezembro, próxima sexta-feira.

O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) diz que não recebeu nenhuma comunicação oficial ainda. A entidade garante que segue considerando a reunião marcada para hoje, com os sindicatos coordenados pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac), como parte do processo de negociação iniciado em agosto.

Mas o sindicato dos aeronautas diz que as empresas aéreas perderam a oportunidade de chegar a um acordo porque “mantiveram proposta de não concessão de qualquer aumento salarial que represente um ganho real para a categoria”.

O sindicato das empresas informa que já tem acordos fechados com grande parte dos trabalhadores do setor. A entidade assinou ontem a Convenção Coletiva de Trabalho com o Sindicato dos Aeroviários de São Paulo (Saesp) e assinará amanhã acordos com os sindicatos dos Aeroviários do Município do Rio de Janeiro (Simarj), de Minas Gerais (Sindaero-MG) e do Amazonas (Sindamazon).

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search