Voos internacionais diminuem em aeroportos do Brasil nos últimos anos

G1
16/01/2014 11h22

No Rio de Janeiro, número caiu de 57 para 45 nos últimos três anos.
Anac reconhece que só 15 aeroportos têm destinos internacionais.
Bom Dia Brasil

Veja vídeo no site do G1
ds32unnamed

No ano em que o Brasil vai receber milhares de turistas estrangeiros, um dado preocupa: o número de voos internacionais vem diminuindo em vários aeroportos. Outros têm o internacional só no nome, porque só oferecem rotas domésticas.

O Aeroporto de Navegantes, em Santa Catarina, está perto de uma das praias mais badaladas do Brasil, é certificado para voos internacionais, mas só opera destinos domésticos. Mesma situação de Porto Seguro, na Bahia.

No Aeroporto de Foz do Iguaçu, só duas empresas fazem voos internacionais e apenas para América do Sul. Maranhão e Piauí não oferecem viagem de avião para fora do país.

“Isso, paras agências de viagem, é péssimo, porque você tem toda a oportunidade de vender destinos mais próximos da Europa ou das Américas ou até da própria África e deixa de ter, tendo que se deslocar para o Sudeste do Brasil”, analisa o presidente da Abav, Colombo Cialdini.

Até no Sudeste os voos internacionais vêm sendo reduzidos. No Rio de Janeiro, por exemplo, o número caiu de 57 para 45 nos últimos três anos, e o estado ainda deve perder um voo para Londres em março.

Em Fortaleza, que é um dos principais destinos turísticos do país, três companhias aéreas retiraram três voos internacionais nos últimos anos: para Madri e Roma, na Europa, e para Atlanta, nos Estados Unidos.

Hoje, um passageiro de Fortaleza que precisar embarcar para a América do Norte precisa pegar um voo de três horas até Manaus ou até o Rio de Janeiro e São Paulo e, de lá, fazer o embarque internacional. Só a partir de abril, o Ceará volta a ter um voo para os Estados Unidos.

Um levantamento da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) apontou que, em geral, o número de voos para o exterior cresceu 34%, nos últimos cinco anos. Mas a Anac reconhece que só 15 aeroportos têm destinos internacionais e que as empresas aéreas têm autonomia para escolher onde operar, de acordo com a demanda.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search