IATA e Viracopos lançam segunda etapa do Projeto e-AWB

Jornal de Turismo
Quarta, 26 Fevereiro 2014 18:26

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) e a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos deram mais um importante passo para a desburocratização do transporte de cargas por via aérea. Trata-se da segunda etapa do Projeto e-AWB (Conhecimento Eletrônico de Carga Aérea) com a efetivação da Lufthansa e da DB Schenker, que desde dezembro vinham realizando testes com o novo sistema apenas nas cargas destinadas a exportação pela rota Viracopos-Frankfurt.

Como parte de um programa global da IATA, o e-AWB, muito comum em grandes aeroportos do mundo, visa a diminuir a burocracia no transporte de cargas aéreas por meio da substituição de documentos físicos por arquivos eletrônicos.

“O conhecimento aéreo eletrônico e-AWB (Air Way Bill) será uma revolução, assim como foi a implantação do bilhete eletrônico (e-ticket). E vai gerar desburocratização e transparência no gerenciamento de informações. O objetivo é que, no longo prazo, possamos disponibilizar eletronicamente em tempo real todos os documentos”, afirma Carlos Ebner, diretor da IATA para o Brasil.

Seu uso traz mais agilidade às exportações brasileiras, uma vez que desobriga a tramitação de cópias físicas do Conhecimento Aéreo, por meio da troca eletrônica dos dados entre os elos da cadeia logística. A estimativa é que o uso do e-AWB elimine mais de 7.800 toneladas de documentos de papel por ano, o equivalente a 80 Boeing 747 cargueiros cheios de papel.

O lançamento da segunda etapa do e-AWB foi marcado também pela formação do Comitê de Carga Viracopos. Composto de empresas e entidades do setor, o CCV vai trabalhar gradualmente para que novas companhias aéreas e agentes de cargas passem a adotar o sistema. Entre os próximos passos, já no meio deste ano, haverá uma avaliação para implementação do sistema também para a importação.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search