Voo MH370 não caiu na área de detecção de sinais acústicos

G1
29/05/2014 06h34

Anúncio foi feito pelos investigadores após fim de buscas por robô.
Avião malaio desapareceu em 8 de março com 239 pessoas a bordo.

Da France Presse

23fweunnamed
O Bluefin-21, submarino autônomo, que rastreou
destroços e a caixa-preta do Boeing da Malaysia
Airlines, que desapareceu em 8 de março. (Foto:
Força de Defesa Australiana / Via Reuters)

O Boeing 777 da Malaysia Airlines que desapareceu no início de março no sul do Oceano Índico não caiu na área onde foram detectados sinais acústicos, que as autoridades acreditaram ser procedentes das caixas pretas, anunciaram os investigadores nesta quinta-feira (29).
“Agora podemos afirmar que esta área não é o local de queda do voo MH370”, afirma em um comunicado o Centro de Coordenação e Agência Conjunta (JACC) Internacional de Busca, com sede na Austrália.

O voo desapareceu dos radares em 8 de março quando viajava de Kuala Lumpur para Pequim com 239 pessoas a bordo.

As tarefas de dragagem de um robô submarino no local onde foram detectados os sinais – que os investigadores acreditavam que tinham origem nas caixas pretas do avião – não tiveram sucesso, segundo o JACC.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search