Avanço de aéreas do Golfo assusta europeias

Valor Econômico
22/04/2014 às 05h00

Por Assis Moreira | De Genebra

O crescimento vertiginoso das empresas aéreas das “petromonarquias” do Golfo – Emirates, Qatar e Etihad – inquieta as grandes europeias. Lufthansa, Swiss e Air France pedem aos governos que investiguem as condições de concorrência.

Praticamente sem mercado doméstico, a trinca do Golfo expande suas ligações para todo o mundo, usando seus aeroportos no deserto como “hub”. Em uma década, a fatia dessas companhias no tráfego internacional passou de 4% para 9%. A Emirates tornou-se líder mundial do transporte aéreo em assentos por quilometro. O aeroporto de Dubai está prestes a se tornar o mais movimentado do mundo para vôos internacionais.

As aéreas europeias alegam que as concorrentes do Golfo têm vantagens fiscais e encargos sociais reduzidos que lhes favorecem na concorrência.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search