SNA no Encontro "Aviação Brasileira em Debate" / Agenda 2020

7 de agosto de 2014

Na última quarta-feira, 06/08/2014, no Auditório da COPPE/UFRJ – RJ, o SNA participou do evento Aviação Brasileira em Debate / Agenda 2020, promovido pela ABEAR (Associação Brasileira das Empresas Aéreas).

Participaram da mesa de debates representantes da ABEAR, COPPE UFRJ, ANAC, DECEA, SAC, CGNA, IATA, ALTA, JORNAL O GLOBO, TV GLOBO e representantes das empresas fundadoras da ABEAR (AVIANCA, AZUL, GOL, TAM).

O evento foi aberto com o CGNA explanando sobre o gerenciamento do trafego aéreo na Copa do Brasil 2014 onde foi considerado um sucesso a logística e as ações tomadas durante o evento, e seus aprendizados para eventos futuros (como as Olimpíadas 2016).

Em seguida foi debatido o panorama da aviação brasileira e mundial em 2020, lembrando que o Brasil ė o terceiro maior mercado doméstico do mundo com potencial de crescimento projetado em 109% no transporte de passageiros e 58% no transporte de cargas até 2020. Isto poderá gerar 660 mil novos empregos sendo cerca de 100 mil diretos em empresas aéreas.

O setor aéreo brasileiro deve adicionar até 2020, R$ 146 bi ao produto interno bruto do país (PIB), mas mesmo assim existe uma grande preocupação com os obstáculos ao desenvolvimento, como má distribuição geográfica, levando em conta os seguintes fatores:

*o transporte de passageiros está concentrado em poucas regiões,

*sobrecarga dos aeroportos onde alguns principais já estão com utilização igual ou acima de sua capacidade,

* problemas com infraestrutura,

*QAV, lembrando que o combustível representa até 40% dos custos de uma empresa aérea,

*encargos trabalhistas,

*tarifas aeroportuárias e aeronáuticas,

*e questões regulatórias como jornada de trabalho dos aeronautas, participação de capital estrangeiro e política de céus abertos.

Concluindo o encontro, a ABEAR e as empresas aéreas fizeram a divulgação da Carta da Aviação à República, solicitando aos candidatos à Presidência da República, o compromisso com medidas necessárias para garantir às empresas nacionais, condições de competição equiparáveis às aquelas encontradas nos outros principais mercados domésticos do mundo.

O setor aéreo apresentará o documento contendo os principais temas que garantirão a continuidade da inclusão e do desenvolvimento sustentável do setor.

A Diretoria do Sindicato Nacional dos Aeronautas

Recent Posts

Start typing and press Enter to search