Vídeo reforça tese de falha humana na queda do Cessna

Estado de S.Paulo
Quinta-feira, 21 Agosto 2014

Para especialistas, imagem que mostra pela 1ª vez a queda do jato que matou Campos indica desorientação dos pilotos

Tânia Monteiro / BRASÍLIA
Zuleide de Barros
ESPECIAL PARA O ESTADO / SANTOS

REPRODUÇÃO

Queda. Câmera de prédio em obras captou imagens do jato

Queda. Câmera de prédio em obras captou imagens do jato

ROTA

INFOGRÁFICO/ESTADÃO

INFOGRÁFICO/ESTADÃO

Um vídeo que mostra a queda do jato Cessna Citation 560XL, que matou sete pessoas, entre elas o ex-governador Eduardo Campos, nas emana passada, em Santos, no litoral paulista, reforçou entre especialistas a tese de que o acidente foi causado por falha humana, que levou à desorientação do piloto em voo ou à perda de estabilidade da aeronave no momento da arremetida.

A tese é endossada pela informação de que o piloto, ao se comunicar com a Base Aérea de Santos, afirmou, com total tranquilidade, que ia arremeter por causa do mau tempo e tentaria novo pouso, indicando que não havia problemas na aeronave.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), que investiga a tragédia, informou ontem em nota que “não trabalha com ‘causa’deacidente,mascomfatores contribuintes”. Segundo o órgão, “causa se refere a um fator que se sobressai, que seja preponderante, e a investigação do Cenipa não elege um fator como o principal”. A Aeronáutica destaca ainda que “qualquer análise de fatores isolados pode ocasionar conclusões precipitadas ou equivocadas”.

Ainda não há prazo determinado para a conclusão da investigação e a apresentação do relatório final, que é elaborado com base em informações factuais e nas análises de todos os fatores que contribuíram para o acidente de maneira integrada.

O vídeo que mostra o momento da queda do jato foi veiculado pela TV Tribuna, afiliada da Rede Globo. As imagens foram feitas por uma câmera de monitoramento de um prédio em construção em Santos.

Um dos especialistas ouvidos pelo Estado, o coronel da reserva da Força Aérea Brasileira Carlos Mateus, disse que a imagem leva a crer que ou houve desorientação do piloto ou perda de estabilidade da aeronave. Ele, porém, observa que muitos outros fatores têm de ser analisados quando ocorre um acidente. Segundo especialistas, em média, 80% dos acidentes ocorrem por falha humana.

Pelas imagens, ficou praticamente descartada a possibilidade de explosão da turbina ou de que o piloto tenha passado entre dois prédios evitando uma tragédia maior.

Pedidos. Em Santos, o Ministério Público Federal encaminhou anteontem pedidos de informações aos órgãos de controle e investigação responsáveis pela apuração do acidente aéreo. Os pedidos foram assinados pelo procurador Thiago Lacerda Nobre, também responsável pelo inquérito instaurado pela Polícia Federal.

Ao Cenipa, o Ministério Público solicitou todos os laudos e relatórios sobre o acidente elaborados até agora, além dos diálogos que estavam gravados na caixa-preta da aeronave. Já para a Anac, os questionamentos dizem respeito à propriedade do jato e eventuais pendências.

O procurador também quer saber as restrições de pouso no local e pediu à Aeronáutica informações sobre a existência de área reservada para voo de Veículo Não Tripulado (Vant), entre os dias 11 e 31 de agosto, próximo ao local do acidente, além de eventuais relatos de situações não propícias no local.

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search