Azul nega redução de oferta e esclarece ajustes na malha

Mercado&Eventos
26/03 – 18:35


Ao contrário do que foi publicado, a Azul divulgou, em nota a imprensa, que não está reduzindo sua oferta. “Vamos reajustar nossa malha para fortalecer rotas com maior demanda como Fort Lauderdale/Miami e Orlando e aumentar destinos em Guarulhos”, esclareceu Antonoaldo Neves, presidente da companhia.

No cenário doméstico, as titleerações ampliarão destinos a partir de Guarulhos (Maringá, Cascavel, Florianópolis). Com isso, a empresa manterá sua média de mais de mais 850 voos diários para mais de 100 destinos. No internacional, a Azul dobrará sua oferta diária para Fort Lauderdale/Miami e Orlando, com quatro voos por dia.

Serão três novos voos regulares semanais para Fort Lauderdale/Miami, além de frequências extras no período de 2 de abril a 4 de maio, totalizando 30 voos semanais. Orlando contará com operações complementares entre 1º de julho e 9 de agosto, ampliando para 230 o número de ligações internacionais, cerca de 40 semanais.

“Temos feito ajustes pontuais em nossa malha aérea, ampliando frequências em alguns mercados e reduzidos em outros. No entanto, essas mudanças não afetarão nossa capacidade de oferta. Queremos aproveitar oportunidades”, completou Antonoaldo.

A recente decisão da companhia em aumentar a oferta de voos para Fort Lauderdale e Orlando é um reflexo do sucesso desses mercados, e foi o que motivou a empresa a alocar todas as aeronaves disponíveis no momento para essas rotas ao invés de iniciar as operações para Nova York em julho, conforme planejado.

“Esse adiamento se deu por entendermos que é um movimento importante para aproveitarmos o verão norte-americano e as férias de julho mantendo a excelente taxa de ocupação que temos observado”, completa. A Azul anunciará a nova data estimada para o início das operações para Nova York em breve.

Pedro Menezes

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search