Começa obra de instalação de torre de controle no aeroporto de Sorocaba

G1
28/04/2015 08h32

Nova tecnologia permitirá operar voos via rádio e estação meteorológica.
Valor total da obra é de R$ 20 milhões; verba virá do Governo do Estado.

Do G1 Sorocaba e Jundiaí

Veja vídeo no site do G1
15_04_28g1002

As obras de instalação de uma torre de controle no aeroporto de Sorocaba (SP) já começaram. Com a nova tecnologia, o aeroporto passará a operar via rádio e estação meteorológica, o que deve garantir mais segurança aos voos que saem e chegam ao local. Atualmente, o controle é apenas visual. Por isso, dependendo das condições climáticas, muitos voos precisam ser desviados para outros aeroportos.

A necessidade da implantação do sistema veio do aumento do número de pousos e decolagens no local. Em 2014, foram 65.802 – uma média de 180 voos por dia -, além de 42.162 embarques e desembarques de passageiros.

O projeto é do Daesp – Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo -, e, portanto, o valor da obra, orçado em R$ 20 milhões, será disponibilizado pelo Governo do Estado. Além de segurança, o investimento também gera expectativa de crescimento na economia e de criação de novos empregos.

Segundo o superintendente do Daesp, Ricardo Volpi, a construção da torre está prevista para ser feita em duas fases. “Nesta primeira etapa, com um investimento de aproximadamente R$ 13,8 milhões, nós vamos fazer toda a parte física, a parte de obra civil e infraestrutura. Vamos levantar a torre, os prédios, enfim. E numa segunda etapa, que deve ocorrer no ano que vem, nós vamos licitar a compra dos rádios, dos transformadores, enfim, de todos os equipamentos que vão compor essa infraestrutura, para só então iniciar as operações”, explica Volpi.

Até o momento, equipes do Daesp e da empresa contratada para executar o trabalho foram até o local para fazer uma avaliação geral. A ordem de serviço foi assinada e os primeiros passos da obra já foram dados. A previsão é que a torre seja entregue em outubro de 2016.

Porém, o presidente da associação dos operadores do aeroporto de Sorocaba, Ari Bordieri Júnior, diz que vai solicitar ao Estado a antecipação da compra dos equipamentos. “Os operadores internacionais que vêm a Sorocaba têm temor de operar aqui, porque, de fato, é arriscado. Tem vários tipos de equipamentos de tamanhos diferentes, operação diferente, falta de coordenação de tráfego, que é muito importante, e uma aproximação por instrumento não é possível hoje em Sorocaba”, diz.

O secretário municipal de Desenvolvimento, Geraldo Almeida, acredita que a mudança será um avanço importante para toda a região. “Sorocaba, hoje, recebe um grande número de jatos executivos, tem três grandes fabricantes de jatos, uma grande fabricante de motores, então, isso vai consolidar Sorocaba como esse polo, que vai atrair empregos de qualidade, empregos mais bem remunerados”, diz.

12rgunnamed
Aeroporto de Sorocaba recebe cerca de 180 voos por dia

Recommended Posts

Start typing and press Enter to search